quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Havaianas by Pinel & Pinel

O que um bom programa de gerenciamento de marca pode fazer por uma empresa? As Havaianas são a prova viva de que uma boa estratégia pode elevar o status de um produto e reinventar a sua categoria, foi assim que as nossas velhas conhecidas, ganharam o mundo. Hoje elas são encontradas na Saks Fifth Avenue de Nova York, Selfridge's de Londres e a Galerie Lafayette de Paris e estão nos pés de Nicole Kidman, Naomi Campbell e a princesa Stéphanie de Mônaco.

Mas a pauta de hoje não é sobre a história das Havaianas, mas sim sobre uma parceria luxuosa feita com Fred Pinel da grife francesa de bolsas e acessórios Pinel & Pinel. Foram desenvolvidos dois modelos, a primeira foi feita com uma palmilha de pele de cordeiro e tiras em couro de crocodilo.

A segunda opção (essa sim, tem cara de Havaianas) possuem as famosas palmilhas de borracha e as tiras em couro de crocodilo, nas duas opções as cores são: branco, preto, azul, vermelho e roxo. Esta edição já esta disponível na França e está sendo vendida por € 450 (cerca de R$ 1057,00) e é considerada a mais cara já assinada pela Havaianas.  
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

7 comentários:

Cupcake with Marcia Amaral disse...

A Ângela Hirata é uma mulher excepcional.
Fez das havianas comum, um produto desejável.

Essa, me surpreendeu Caitos !


*****************************************

http://cupcakewithmarcia.blogspot.com/

*****************************************

Amauri Vargas disse...

E quem ousa dizer que a Alpargatas não é genial?! nas principais capitais da Europa, havaianas (principalmente as de cores brazucas) são über cobiçadas. A genialidade, foi apostar no minimalismo da elegância, usaram artifícios sutis, maquiaram umas linhas aqui, uma estamparia consagrada alí, e as havaianas nunca tinham ido tão longe, mesmo sendo alvo de uma febre do status quo envolta de uma simples obra feita inteiramente de borracha. Couro e polímeros, como fizeram agora, pra mim pelo menos é inédito, será que pega?! com certeza o Caio responderá aqui mesmo, num futuro não muito distante rs

Anônimo disse...

Que ABSURDO a Havaianas desenvolver um produto a custas de animais que estão praticamente em extinção. Nada contra ao seu blog, afinal vc só esta mostrando um o produto. Mas mto me admira a Havaianas que passa uma imagem de natureza e socialmente responsavel fazer uma coisa dessas...
Fora isso, achei mto interessante o seu blog, estava lendo os ultimos posts e achei bem variado e mto bem escrito. Parabéns!
Abçs

Rogério Ferreira

Anônimo disse...

Gostei apenas das com sola de borracha, acho que tem mais a cara da Havaianas mesmo!! Sobre fazer com materias de animais, acho que existe tantas marcas que produzem bolsas e sapatos com o mesmo material e ninguem fica metendo o pau em cima...
Acho que o design ficou bonito, apesar das polemicas que estão pipocando por ai.
Bjo

Amanda

Anônimo disse...

Que isso.. 1.000 reais por um chinelo de borracha e ainda exploram os animais que correm risco de extinção.... Acho que esta Havaianas by Pinel & Pinel...Pirou de vez, alias nome bem sugestivo para este produto. kkkk

Havaianas do Brasil disse...

oi pessoal legal vcs gostarem de Havaianas
que tal darem uma passadinha no meu blog
e me seguirem se gostarem, bjus
havaianasoriginais.blogspot.com

Alessandra Garuzzi disse...

Show de Marketing do Havaianas do Brasil!!! Hehehehehehe!!!
Quanto às sandálias: prefiro com salto e nada a ver esse lance de ganhar dinheiro matando animais... já não basta sermos (a grande maioria) carnívoros!!!
Falando em Marketing, óia o meu (tem a té um artigo de Semiótica por lá): http://alessandragaruzzi.blogspot.com/

Rsrsrsrs... bjs