quarta-feira, 15 de maio de 2013

Lamborghini apresenta “Egoísta”.


Quando eu recebi o press release da Lamborghini sobre o seu novo carro conceito apresentado para comemorar os 50 anos da marca, sabia que eu deveria dar uma atenção especial para escrever essa pauta.
Vamos começar pelo nome, “Egoísta”. Um sujeito egoísta é aquele que acredita que o mundo, inclusive as pessoas ao seu redor, foram criadas para ele e somente para ele e este por ser um super esportivo de um lugar e único, o nome traduz exatamente o que o conceito apresenta.
Apresentado em Sant’Agata Bolognese pelo chefe de design da Volkswagen, Walter De Silva disse: “Este é um carro feito para apenas uma pessoa, para que possam se divertir e expressar sua personalidade amo máximo. Ele é projetado exclusivamente para as pessoas hiper-sofisticadas que desejam apenas as coisas mais extremas e especiais do mundo”.
Construído quase inteiramente em fibra de carbono e alumínio, a Egoísta tem um motor V10 5.2 litros, 600 cavalos e um assento único; a sua estética e toda remetida aos jatos de combate. Para entrar na Egoísta, um dossel é aberto assim como nos jatos e o volante foi trocado por um manche. O painel foi substituído por display head-up e as informações são projetadas em um pára-brisa curvo para garantir que o motorista não tire os seus olhos da estrada.
O perfil exterior do carro foi desenvolvido como base em um touro com ombros arqueados, cabeça baixa e chifres apontados para fora e os sistemas aerodinâmicos foram integrados na construção do carro e são implantados quando necessário. Abas e aberturas podem se levantar ou abaixar com base na temperatura do motor e o downforce auxilia na forma ideal para cortar o ar e manter o carro estabilizado em quaisquer que sejam as condições de velocidade.
Sabe aquele sussurro “olhe pra mim” que todos os superesportivos produzem? Para a Egoísta está mais para gritos a níveis alarmantes para o ouvido humano.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: