quarta-feira, 5 de setembro de 2012

LVMH e Hermès travam nova batalha.

A LVMH acaba de chamar a Hermès Internacional para uma nova batalha que promete estremecer o mercado. Em outubro de 2010, o conglomerado de luxo de Bernard Arnault com um toque de mestre comprou 14,2% do capital social de uma das suas principais concorrentes, a Hermès Internacional que engoliu a seco a aquisição. 
Porém, agora a briga esquentou, pois a LVMH comprou mais 7,8% do capital, somando agora 22% do total da empresa e ocasionou uma preocupação óbvia pelo pessoal da Hermès que reclamou, alegando práticas de manipulação de preços, conluio e insider trading por parte do conglomerado.
(Conluio: ajuste para economia fiscal ilícita, ou seja, ajustes para a prática de evitar pagamentos de alguns tipos de tributos)  
(Insider Trading: o uso de informações privilegiadas para obter vantagem e lucro a partir do conhecimento prévio exclusivo informações relevantes)
Por sua vez, a LVMH rebateu, ameaçando a Hermès Internacional com uma contra-reivindicação alegando chantagem, difamação e concorrência desleal, pois a Hermès criou uma nova holding para controlar 52% de suas ações para segurar e evitar uma ameaça take-over por parte da LVMH. É bom Bernard Arnault se preparar, pois esta batalha esta longe de acabar.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: