quarta-feira, 6 de junho de 2012

Coleção Opus de Harry Winston foi leiloada na Christie em Hong Kong.

A casa de leilões Christie em Hong Kong foi a anfitriã da edição "Important Watches", que é uma série de leilões feitas pela casa ao redor do mundo. Um evento recheado de modelos da Rolex, Panerai, Hublot e etc; mas quem roubou a cena foi a Harry Winston com a sua linha Opus. Esta linha é uma coleção distinta de relógios Harry Winston e foi criada por Max Busser que dirigia a divisão de relógios da marca antes de fundar a MB&F em 2004.
Cada ano um fabricante se junta para criar uma edição limitada para a linha e no evento, a Christie selecionou os modelos Opus 1 ao 7 e o Opus 9.

O Opus 1 é o primeiro da coleção e foi produzida em colaboração com FPJourne. Disponível em três edições com 6 unidades cada uma e incluiu no modelo uma caixa automática com autonomia de 5 dias, um cronômetro de Ressonância e um turbilhão. O modelo leiloada estava estimado em US$ 60.000 - US$ 80.000; porém não foi vendido.

O Opus 2 apresenta uma caixa de platina com 38mm e foi produzida em duas versões com a colaboração do relojoeiro Antoine Preziuso. Limitado em 11 unidades abrangendo as duas opções diferentes do movimento. Cada versão tinha uma unidade especial adornada com diamantes e produzidos à mão. O modelo apresenta um turbilhão totalmente exposto e detalhes em diamantes. O modelo foi arrematado por US$ 111.318.

O Opus 3 é o modelo mais excêntrico da linha e foi desenvolvido em colaboração com Halter Vianney. O modelo apresenta seis monitores de vigia, cada uma das telas possui o seu próprio indicador, para saber a hora precisamos olhar os números em azul na parte superior esquerda e direita, os minutos embaixo a esquerda e a direita estão em preto e a data está no centro e na vertical com os números em vermelho. Limitado em 55 unidades em platina ou ouro rosa, o modelo possui um movimento complexo e feito à mão e a sua estética mudou radicalmente em relação aos modelos anteriores. O Opus 3 se tornou uma lenda, demorando cerca de 7 anos para ser finalizado e superou o seu valor no leilão que estava estimado em US$ 150.000. O modelo foi arrematado por US$ 173.448.

O Opus 4 foi desenvolvido com a colaboração de Christophe Claret, o criador do Blackjack 21. O modelo apresenta um turbilhão, repetidor de minutos, fases da lua e data em uma caixa de platina com 44 milímetros. O Opus 4 foi limitado em apenas 20 unidades e pode ser utilizado com o dia para cima, o que deu um toque surpreendente ao modelo. O modelo estava com o valor estimado em US$ 150.000 - US$ 200.000.

Para o Opus 5, Felix Baumgartner trouxe o que há de melhor na Urwerk. O movimento complexo e o visual inovador, deram ao Opus 5 um surpreendente ar de modernidade. A hora pode ser vista através de um movimento rotativo e os minutos são exibidos de forma retrógrada. A sua carga dura aproximadamente 5 anos e pode ser verificada através da parte traseira do modelo. O Opus 5 foi arrematado por US$ 204.514.

O Opus 6 foi desenvolvido por ninguém menos que Greubel Forsey. GF é um dos grandes nomes da alta relojoaria, este modelo da Harry Winston combina o estilo e a técnica que só GF poderia fazer. O modelo apresenta um turbilhão com um conjunto de engrenagens totalmente oculto, deixando o turbilhão parecer estar completamente fora da mecânica do relógio. Em discos separados são exibidos as horas e os segundos permitindo um grande espaço na caixa em ouro branco de 44 milímetros destacando o turbilhão. O modelo foi limitado em 6 unidades e foi arrematado por US$ 375.313.

Inspirado por borboletas, o Opus 7 nasceu de uma parceria da Harry Winston com Andreas Strehler. A sua caixa em ouro branco de 45 milímetros possui uma mecânica articulada pressionando a coroa, que provoca a rotação de um disco para indicar as horas, a segunda prensa exibe os minutos e a terceira mostra a reserva de energia. Arrematado por US$ 119.084, o aço azulado misturado com o ouro branco confere ao modelo a sofisticação que somente as casas de alta relojoaria podem produzir.

O Opus 9 é um dos mais impressionantes da coleção, desenvolvido em parceria com Jean Marc Wiederrecht e Eric Giroud; este modelo ganhou em 2009 o "Best Design Watch of the Year" do Grand Prix d'Horlogerie. O tempo é exibido por duas linhas em transmissão por correia e escalas de jóias incrustadas que funcionam como mostradores. A hora é vista pela esquerda e os minutos a direita. Em uma caixa de ouro branco de 45 milímetros, cada faixa é incrustada com uma escala de diamantes e um rubi que funciona como o ponteiro de cada escala. O modelo foi arrematado por US$ 119.084.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: