terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Por dentro do Le 1947, no Cheval Blanc Hotel em Courchevel.

Courchevel é uma estação de esqui nos Alpes franceses que se divide em várias cidades batizadas pelas suas altitudes. Lá você vai encontrar a Courchevel 1300 (Le Praz), Courchevel 1550, Courchevel 1650 (Moriond) e a Courchevel 1850 com os seus chalés exclusivos e elegantes, hotéis 5 estrelas e dois restaurantes 2 estrelas Michelin, o Chabichou e o Bateu Ivre e é o destino dos ricos e celebridades.

Em 1850, você vai encontrar o Cheval Blanc Hotel, o primeiro hotel do Grupo LVMH no mundo e traz o que há de melhor para fazer da sua estadia uma experiência única. O Hotel conta com um SPA da Givenchy e lojas da Dior e Louis Vuitton que apresentam as suas últimas coleções Haute Couture e um serviço de ski que oferece as melhores marcas de esqui e as botas desenvolvidas pela Lacroix que possuem um alto nível de desempenho.

Com duas estrelas Michelin, o restaurante 1947 é comandado por Yannick Alléno (que já ganhou três estrelas no Guia Michelin), revela uma decoração elegante revestida em couro branco com painéis de arabescos e uma alcova que divide a cozinha da salão principal, a decoração foi desenvolvida por Sybille de Margerie, que também já trabalhou no Hotel de Crillon e no Pavillon Lenôtre Elysées em Paris.

O chefe Yannick revisita e aprimora o espirito da haute cuisine com dezessete pratos impressionantes que são apresentados em louças exclusivas para cada prato. Por 390 euros por pessoa e sem as bebidas inclusas, você pode viver esta experiência única e saborear a cozinha francesa tradicional e criativa de um dos chefs de cozinha mais talentosos do mundo.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: