quinta-feira, 28 de abril de 2011

Vacheron Constantin apresenta a segunda coleção "La Symbolique des Laques"

A Vacheron Constanti mostrou a segunda coleção "La Symbolique des Laques", uma série de relógios que nos convidam a descobrir novos horizontes e explorar um lugar onde a habilidade e a inovação encontram o seu ápice, o Métiers d'Art. "La Symbolique des Laques" é produzida em parceria especial com uma das mais antigas empresas de laca do Japão, a Zohiko que foi fundada no ano de 1661 em Kyoto e a Vacheron Constantin, o mais antigo fabricante de relógios do mundo, fundada na cidade de Genebra em 1755.

Para esta edição, os artesões da Zohiko utilizaram uma das técnicas mais sofisticadas da lacagem, o "maki-e" que é o desenho produzido através da aspersão do pó de ouro sobre a laca ainda molhada. Esta técnica era predominante nas decorações no inicio do século XVII e ainda é muito utilizada nos dias de hoje.

Esta coleção foi inspirada no mundo aquático, com animais que simbolizam as tradições do Extremo Oriente. Kame (tartaruga, que representa a longevidade), Kaeru (rã, que representa a sorte) e o Koi (carpa, que representa a resistência) que foram estilizados nos mostradores esmaltados.

Cada relógio foi produzido em ouro 18 quilates e demora cerca de quatro meses para ser finalizado. Apresentam a versão esqueletizada com um calibre 1003 ultra-fino, mecânico, com movimento a corda manual e de apenas 1,64 milímetros de espessura.

A coleção "La Symbolique des Laques" apresenta o domínio técnico e decorativo da relojoaria suíça, com um grande respeito pela tradição e criatividade, transformando os relógios em peças únicas.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: