quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O ano de 2011 promete.

Nada como voltar ao trabalho depois das férias de final de ano e fazer uma balanço do que aconteceu ao longo de 2010.
Para o mercado de luxo este ano que passou foi um dos melhores, o setor teve um crescimento sólido e as projeções para 2011 são otimistas, apesar da nossa política de juros altos e pela avalanche de impostos que pagamos todos os dias.
Ao longo de 2010, vimos muita movimentação no setor imobiliário que se esbaldou e tiveram altos índices de vendas de imóveis de alto padrão, essa movimentação chamou atenção dos consumidores estrangeiros que passaram a olhar para cá com outros olhos e buscaram no Brasil o seu novo refúgio de lazer e tranquilidade. Em 2010 foi o ano dos automóveis de luxo que tomaram conta das cidades e mostraram para novas marcas, um mercado com um enorme potencial e claro estes números acompanharam este crescimento.
Os setores mais tradicionais como viagens, moda, cosméticos e jóias mantiveram os seus índices. As bebidas e os alimentos se consolidaram no mercado, mudando a percepção do consumidor que passou a conhecer e se aprofundar no assunto, gerando uma qualificação da demanda. Hoje os consumidores sabem o que estão consumindo e acabam transformando uma demanda mais sustentada e menos suscetível para sofrer com as políticas econômicas.
Não sabemos ainda como será o governo Dilma e se ele terá o mesmo clima positivo que acompanhou o governo Lula, mas devemos torcer para que ela mantenha este ritmo para que o ano de 2011 seja superior ou igual ao ano de 2010.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

1 comentários:

Silvana disse...

Realmente o ano de 2010 foi muito para o mercado! É incrivel quando conseguimos visualizar o crescimento. Realmente acho que nunca se vendeu tantos automoveis de luxo. É só prestar atenção ao seu lado no transito e ver a quantidade de carros importados que estão andando por ai.

Silvana Almeida