terça-feira, 26 de outubro de 2010

LVMH compra participação acionaria da Hermès

O plano da LVMH em dominar o universo do luxo subiu mais um degrau após a aquisição de 1501600 em cotas da Hermès Internacional, o que equivale a 14,2% do capital social da grife francesa.

Não é de hoje que sabemos que a Hermès tem tomado um lugar de destaque no mercado, teve um aumento de 20% nas vendas durante o primeiro semestre de 2010, ajudado por fortes vendas na Ásia, particularmente a classe emergente da China, tudo isso graças as suas bolsas e lenços que seduzem os ultra-ricos. A Hermès está sob o comando da família Dumas desde sua fundação por Thierry Hermès. O capital foi aberto em 1993 e o seu presidente foi o tataraneto de Thierry, Jean-Louis Dumas que presidiu a empresa até 2006.

A estratégia da LVMH é ajudar na preservação da família e os atributos da grife francesa, sendo um acionista em longo prazo, ainda não foi cogitada uma oferta de compra para assumir o controle, mas isso não esta descartado. A LVMH pretende agora converter mais 301246 em cotas de instrumentos derivados que totalizará cerca de 18017246 em cotas, ou seja, 17,1% do capital. O custo total da aquisição soma quase 2 bilhões de euros. O que não se sabe é como a LVMH conseguiu comprar as cotas com um preço médio de 80,5 euros ontem. Um desconto de 54,5%, visto que as cotas da Hermès fecharam na sexta feira com um preço médio de 176,2 euros.
É parece que Bernard Arnault não dorme em serviço!
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

Cupcake with Marcia Amaral disse...

Ninguém segura esse pessoal Caitos...

Exceto a gente quando chegarmos nesse patamar ! rsrsrs

Beijos !

Amauri Vargas disse...

Beranard Arnault e Yves Carcelle vão dominar o mundo!
Agora, cá entre nós, se o Jean Paul Gaultier ainda emprestasse sua "talentisse" corporal à Hermés em tempos de LVMH, não sei se rolaria, é tanto off que nos deixa em alerta...