segunda-feira, 20 de abril de 2009

"Private Labels" se destacam no varejo

Com a nova realidade desenhada pela crise mundial, o uso de cartões de credito tem se tornado uma alternativa para os consumidores realizarem as suas compras e pensando neles algumas empresas viram no "private label" ou cartão próprio a chance de fidelizar o seu consumidor e aumentar seus lucros.
Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Credito e Serviços (Abecs), em 2007 havia 142 milhões de cartões próprios circulando no Brasil, representando um aumento de 19% em comparação com o ano anterior. O cartão próprio possibilta ao lojista a criação de um banco de dados com o perfil dos consumidores em termos de compra e endividamento, ajudando a direcionar as ofertas do empreendimento para determinado público.
As vantagens que podem trazer:
- redução dos riscos de crédito;
- redução de tempos nos caixas;
- opções de financiamentos aos clientes;
- maior exposição da marca da loja que ao permanecer na carteira do cliente, sempre será lembrado;
- retorno obrigatório do consumidor no início de cada mês para efetuar o pagamento, podendo ocassionar uma nova oportunidade de vendas.
- conhecimento sobre o comportamento de compra dos clientes, valores, frequência e intervalos de compra. Acompanhando os dados como: números de itens adquiridos, departamentos visitados e outros dados que se encontram nos tickets de compra.
Essas vantagens podem orientar as estratégias de marketing e abastecimento em relações às compras, comunicação e vendas.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: