terça-feira, 31 de março de 2009

O Mercado de Luxo no Mundo

O mercado de luxo tem se tornado um segmento com grande potencial na economia mundial, movimentando quantias consideraveis pelo mundo todo. As estratégias de marketing deste segmento estão cada vez mais diferenciadas, pois os artigos de luxo apresentam comportamentos distintos no mercado e o marketing precisa se adaptar a esses conceitos para que a estratégia seja eficiente.

O mercado de luxo movimenta mais de 220 bilhões de dólares por ano no mundo. O Brasil movimenta cerca 4 bilhões de dólares e o mercado prevê um aumento de 35% nos ultimos seis anos. O marketing é um dos grandes impulsionadores deste mercado, pois é o marketing que torna a marca, uma marca de desejo, transformando-as em sinônimos de status, elegância e sofisticação. As estratégias de marketing mais utilizadas por este mercado é o atendimento personalizado, pontos de vendas bem selecionados e o design dos produtos. Com o objetivo de satisfazer as necessidades de seus consumidores através de uma experiência prazerosa, fornecendo produtos adequados ao seu perfil e assim estabelecendo a fidelização do cliente. O design também é uma peça chave para o mercado de luxo, pois um dos principais objetivos de seus consumidores, que procuram em seus produtos o status e a distinção.
O conglomerado de luxo LVMH "Louis Vuitton Moët Hennessy" é uma das empresas líderes de mercado, possuindo um portfolio original de 50 marcas de renome, atuando em cinco setores diferentes como: Vinhos e Espumantes; Moda e Objetos em Couro; Perfumes e Cosméticos e Relógios e Jóias.
O grupo LVMH possui marcas como: Moët & Chandon, Dom Pérignon, Veuve Clicquot, Henessy, Louis Vuitton, Givenchy, Kenzo, Dior, Donna Karan, Marc Jacobs, Fendi, Emilio Pucci e TAG Heuer. Faturando cerca de 12,5 bilhões de dólares por ano.
A loja brasileira da grife Louis Vuitton é a terceira em vendas entre as 320 lojas no mundo todo.
Este mercado atinge um seleto grupo de 1,8 milhões de pessoas, o que equivale a 1% da população brasileira.
Um bem de luxo representa um destaque social, privilégio de uma classe seleta que são guiados por uma motivação emocional e é dessas motivações que nasce o desejo do consumo.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: